Sections
You are here: Home Informativos Edições 2017 Agosto PFDC e Ministério Público no Ceará lançam nesta quarta-feira cartilha sobre Direitos de LGBT
Document Actions

PFDC e Ministério Público no Ceará lançam nesta quarta-feira cartilha sobre Direitos de LGBT

2017-08-16 12:02

Publicação reúne conceitos e legislação acerca dos direitos de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros. Lançamento acontece na sede do MP/CE


A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC/MPF) e o Ministério Público do Estado do Ceará lançam nesta quarta-feira (16/8), em Fortaleza, a cartilha “Ministério Público e Direitos de LGBT”.

A publicação reúne conceitos e legislação acerca dos direitos de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros e busca contribuir para a efetivação de suas garantias legais, o fim do preconceito e da violência contra essa população.

Lançamento da cartilha MP e os Direitos LGBT

“O Ministério Público, como instituição constitucionalmente comprometida com a promoção dos direitos fundamentais, não apenas não pode fechar os olhos para essa realidade, como deve atuar no sentido de reconhecer e promover os direitos à igualdade e à não-discriminação desse segmento nos serviços públicos em geral, na educação, nas relações de emprego e nos meios de comunicação”, destacam o Grupo de Trabalho Direitos Sexuais e Reprodutivos, da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão; e o Centro de Apoio Operacional da Cidadania (CaoCidadania), do Ministério Público do Ceará – autores da publicação.

A cartilha é destinada a membros do Ministério Público, operadores do sistema de direitos e ao próprio segmento LGBT. A publicação esclarece conceitos relacionados a orientação sexual, identidade de gênero e expressão de gênero, e elenca direitos já assegurados a essa população – como o casamento e união estável, a adoção, o acesso e permanência na escola e o uso do nome social.

O texto compila leis nacionais e estaduais que visam proteger os direitos de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros e traz informações sobre como agir no caso de violações a esses direitos.

Combate à homofobia – Além do canal de denúncias Disque 100 (Secretaria dos Direitos Humanos) e da Sala de Atendimento ao Cidadão (Ministério Público Federal), há em todo o País mais de 30 Centros de Referência no Combate à Homofobia. Os órgãos podem auxiliar no encaminhamento de denúncias de violação de direitos por motivação homofóbica e também desenvolvem atividades nas áreas de assistência social, educação e saúde.

O lançamento da cartilha “Ministério Público e os Direitos de LGBT – Conceitos e Legislação” contará com a presença da procuradora federal dos Direitos do Cidadão, Deborah Duprat, e do promotor de Justiça e coordenador do CaoCidadania, Hugo Frota Magalhães, além de movimentos, Defensoria Pública e representantes de coordenadorias e entidades de proteção aos direitos de LGBT.

SERVIÇO

Lançamento da cartilha “Ministério Público e os Direitos de LGBT – Conceitos e Legislação”

Local: sede do Ministério Público do Ceará (Procuradoria-Geral de Justiça, Rua Assunção, 1100 – José Bonifácio)

Hora: 16h30

Quem participa: Deborah Duprat (procuradora federal dos Direitos do Cidadão), Hugo Frota Magalhães (promotor de Justiça e coordenador do CaoCidadania), Defensoria Pública, movimentos, coordenadorias e entidades de proteção aos direitos de LGBT.

Informativos

2017

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

2016

2015

2014

2013

2012


 

Personal tools

This site conforms to the following standards: