Sections
You are here: Home Informativos Edições 2016 marco Acessibilidade em bancos será discutida em audiência pública no dia 17 de março
Document Actions

Acessibilidade em bancos será discutida em audiência pública no dia 17 de março

Evento faz parte do projeto MPF em Movimento e será realizado às 9h do dia 17, no Parque do Mindu, em Manaus

O Ministério Público Federal no Amazonas (MPF/AM) promoverá, na próxima quinta-feira, dia 17 de março, audiência pública para identificar as condições das agências bancárias de Manaus quanto à acessibilidade. Na ocasião, o MPF apresentará informações essenciais sobre o termo de ajustamento de conduta firmado entre o Ministério Público Federal e a Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

O evento faz parte das ações do projeto MPF em Movimento, instituído com o propósito de promover visitas e debates junto a comunidades e movimentos sociais da capital e dos municípios adjacentes, buscando ampliar a aproximação do MPF com a sociedade civil organizada, recebendo demandas e buscando soluções, dentro do âmbito de atuação da instituição.

Presidida pela coordenadora do MPF em Movimento, procuradora da República Tatiana Dornelles, e pela procuradora regional dos Direitos do Cidadão no Amazonas, Bruna Menezes, a audiência pública será realizada às 9h, no Parque Municipal do Mindu, no bairro Parque Dez.

Todos os cidadãos interessados no tema e representantes de órgãos governamentais ou não-governamentais relacionados à questão estão convidados a participar da audiência, sem necessidade de inscrição prévia.

Condições de acessibilidade e atendimento prioritário às pessoas com deficiência física – O termo de ajustamento de conduta firmado entre o MPF, o Ministério Público do Estado do São Paulo (MP/SP), o Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MP/MG), a Febraban e os bancos que aderiram ao acordo prevê que sejam disponibilizadas nas agências e postos de atendimento bancário rampas de acesso ou equipamentos eletromecânicos de deslocamento vertical.

A adequação do mobiliário, a instalação de assentos de uso preferencial e de sanitários adaptados ao usuário de cadeira de rodas também são obrigações previstas no termo, firmado em 2008. O acordo contempla ainda outras medidas necessárias para garantir o atendimento de usuários com outros tipos de deficiência, como o oferecimento de materiais em braile para pessoas com deficiência visual e a disponibilização de, pelo menos, uma pessoa capacitada a prestar atendimento às pessoas surdas na Língua Brasileira de Sinais (Libras) em cada agência.

Assessoria de Comunicação
Procuradoria da República no Amazonas
(92) 2129-4734 / (92) 98415-5277
pram-ascom@mpf.mp.br
facebook.com/MPFederal
twitter.com/mpf_am

Informativos

2019

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012


 

Personal tools

This site conforms to the following standards: