Sections
You are here: Home Informativos Edições 2016 abril PFDC assina nota conjunta da CNBB contra toda forma de intolerância
Document Actions

PFDC assina nota conjunta da CNBB contra toda forma de intolerância

2016-04-05 12:00
Documento também foi assinado pelo Ministério da Justiça e o Instituto dos Advogados Brasileiros
 
A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC) participou na sexta-feira (1/4), em Brasília/DF, de ato de lançamento de nota conjunta da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) que PFDC assina nota conjunta da CNBB contra toda forma de intolerânciaexorta todos a condenar a violência e a intolerância. 
 
Além da PFDC, a nota da CNBB também é assinada pelo Ministério da Justiça e o Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB). Intitulada Conclamação ao Povo Brasileiro, a nota conclama “todos os cidadãos e cidadãs, comunidades, partidos políticos e entidades da sociedade civil organizada a fazerem sua parte e cooperar para este mesmo fim, adotando, em suas manifestações, a busca permanente de soluções pacíficas e o repúdio a qualquer forma de violência, convictos de que a força das ideias, na história da humanidade, sempre foi mais bem sucedida do que as ideias de força”.
 
Durante evento, o bispo auxiliar de Brasília e secretário geral da CNBB, dom Leonardo Ulrich Steiner, ressaltou a necessidade de diálogo nas diferenças de pensamento e de respeito à pessoa humana. “Temos voltado a discutir questões importantes do nosso Brasil, questões constitucionais, a importância dos partidos e da política. Nós temos visto manifestações de rua, o que pode contribuir muito para a democracia brasileira, mas todas essas manifestações, às vezes, vêm junto com uma determinada violência que nós não gostaríamos que impedisse a nossa jovem democracia brasileira”, destacou.
 
Na ocasião, o procurador federal dos Direitos dos Cidadãos, Aurélio Rios, ressaltou o trabalho realizado pela PFDC contra os diversos tipos de intolerância e salientou que o ato não tem nenhum cunho partidário, governista ou anti-governista. “Estamos aqui, todos irmanados – seja governo, sejam eventuais representantes da oposição, dos advogados, do Ministério Público – para fazer um alerta sobre os perigos da intolerância – que se expressa não apenas em atos de vandalismo, mas também agressões físicas e morais feitas, inclusive, pelas redes sociais”, declarou.
 
*Com informações da assessoria de comunicação da CNBB.
Informativos

2020

Março

Fevereiro

Janeiro

2019

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

 

 
What do you want to do ?
New mailCopy
 

 

Personal tools

This site conforms to the following standards: